quarta-feira, 6 de março de 2013

Game of Thrones - série vs livro

Quem me acompanha sabe que sou uma viciada em Game of Thrones. Vi as duas primeiras temporadas da série com um entusiasmo tremendo. Cheguei a sonhar com as personagens. E, agora, cá em casa temos um peixinho chamado Jon Swon.
De momento, vou no terceiro livro destas Crónicas de Gelo e Fogo - o nome correcto dado à saga dos livros; Game of Thrones é apenas o nome do primeiro livro e o título da série televisiva. Após ler o primeiro livro, e ainda hoje falava sobre isto com a I., julguei que uma das maiores diferenças, tirando o facto de o livro ter muito mais detalhes, fosse o facto de ser um pouco mais comedido nas cenas sexuais. Enganei-me. Sim, os livros conseguem ser ligeiramente picantes - mas nem perto de quaisquer Sombras.
Na minha opinião, a adaptação televisiva está muito boa. Tirando um detalhe ou outro, como por exemplo, o Robb Stark no livro ser ruivo, muito ruivo, e na série nem por isso. A questão das idades é outro exemplo, se bem que esse não tinha alternativa para a adaptação televisiva. Colocar uma jovem de 13 anos a ter actividade sexual em plena televisão, a engravidar e a fazer cenas de nudez total, não seria de todo uma boa ideia. Contudo, no geral - e não sei se é por ter visto a série primeiro, e só depois começar a ler -, considero que encaixa tudo. Os rostos das personagens, as suas expressões, as roupas; As descrições espaciais e temporais; Os comportamentos e a forma de falarem...
No geral, a adaptação está mesmo bastante fiel. O próprio Martin o considera e não o poderia negar. Ninguém pode. A opção de se investir numa série e não num filme foi a correcta. Imaginam a quantidade de cenas que seriam cortadas? Muitas, muitas mesmo!

A Muralhe de Gelo@Instagram

Sem comentários:

Enviar um comentário