sábado, 29 de dezembro de 2012

Planos para 2013

Espero mesmo que sejas bom para mim e que me permitas fazer/melhorar/alterar todas estas coisas!
  1. Ler mais. (Talvez seja difícil bater o recorde deste ano, mas vais esforçar-te para, pelo menos, o manteres)
  2. Ver mais filmes e mais séries. (Vais começar o ano em grande, revendo o 'Sexo e a Cidade', depois vais esperar que saiam as novas temporadas das séries todas que gostas e vai 'papa-las' a todas. Plus, não te esqueças de ver imeeeensos filmes)
  3. Ouvir mais música. (Pronto, são os três básicos)
  4. Ir a concertos. (Vais poupar uns trocos e voltar a ir aos Festivais, também convém que despaches logo a faculdade cedinho)
  5. Dançar mais. (Já que fazer desporto não é uma coisa que aprecies, vais começar a dançar mais. Sair à noite, ou curtir um bom som em casa, enquanto abanas o capacete ou as ancas...)
  6. Escrever mais. (Pois, esta é crucial)
  7. Dedicar-me mais à faculdade mas leva-la menos a sério. E trabalhar mais! (Parece uma contradição, mas não o vejo como tal. Precisas de estudar mais, de te dedicar só um pouco mais, mas não tens de te chatear se não conseguires. E depois tens de te dedicar a sério aos teus projectos)
  8. Comer mais. (Esta também é crucial. Não precisas de comer até explodir, mas...)
  9. Comprar coisas giras para a minha futura casa. (Sim, vai-te perder pelas lojas de decoração e etc)
Não me lembro de muito mais coisas. Pronto, isto é o essencial. Agora, é só preparar o pé direito...

Imagem aqui

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Considerações (quase) finais

Foi um ano difícil. Talvez dos mais difíceis que me lembro. Ainda tenho o projecto da faculdade em mãos, eu, que sempre fui super atinada e pontual, deixei-o para entrega em tempo de exames. Parece mentira, mas é verdade. E o pior, ou o melhor, depende, é que não me ralo nem um pouco com isso. 
O ano está quase a acabar, e sim, espero que o próximo seja melhor - não esperamos sempre? -, mas não me despeço deste sem lições ou coisas boas. Aprendi a não dar tanta importância à vida. Se é bom ou mau, não sei, mas a mim faz-me bem; Aprendi a viver um dia de cada vez; A sonhar um pouco menos e a desejar com menor fulgor - isto sei que é ligeiramente mau. 
Acho que saio deste ano mais realista. Talvez mais adulta. Pelo menos assim gosto de o pensar. Não faz sentido retrocedermos, certo?  Aprendi com os meus erros e com as atitudes correctas, mas mais com os meus erros, como habitualmente. 
Poderia continuar, com as lições e as coisas boas, ou más, deste ano, mas não vale a pena. Só espero que o próximo seja melhor, que me permita crescer ainda mais, aprender mais, conhecer-me mais. Prometo fazer um post com os desejos para o novo ano. Sim, tenho uma lista em construção mental de coisas que quero melhorar no próximo ano, ou que espero puder fazer. Quer dizer, que pretendo fazer! 
Enfim... Para finalizar este post em beleza, só tenho a dizer que o Natal foi mais fraquinho que o normal, mas isso não importa quando a Chanel entra ao barulho. Estou eu aqui a desejar um ano melhor, caramba, com Chanel, agora em batom também, tudo será melhor! ;) 

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Aquele momento em que pensas...

"Já está mesmo tudo feito? A sério?" e durante uns segundos respiras fundo. Ficas aliviado. Pensas que o esforço valeu a pena. Mas depois lembraste "Bolas, ainda falta a conferência de quarta e um exame em Janeiro". E voltas aos pensamentos de cansaço, exaustão e pessimismo. Depois lembraste que o Natal está à porta e que te podes considerar numas mini-férias após a conferência e voltas a sorrir. Contudo, lembraste que as notas ainda não saíram e que poderás ter de fazer mais exames do que o suposto. Voltas a soltar uma espécime de suspiro aborrecido. Depois voltas a pensar em coisas positivas. Sim, é todo um círculo quase infinito que dentro em pouco será finito. E aí sim, poderei dizer com alivio: 'UFF!'. 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O Natal veio mais cedo...

E por isso, deixei as velhas máquinas pesadas e 'grandalhonas', para entrar nesta nova Era de telemóveis xpto, que fazem tudo e mais alguma coisa. Resultado: aderi ao Instagram. E agora ando sempre de telemóvel na mão a tirar fotografias de tudo o que gosto e me inspira. Para quem ainda não me segue por lá, procurem por dianamariarebelo.