segunda-feira, 23 de julho de 2012

Girls - a crítica

Agora que estou de férias, posso dedicar-me em pleno a uma das coisas que mais gosto: ver séries e ver filmes. Na semana passada vi a série da HBO Girls, que tem sido um sucesso pelos Estados Unidos, e acabei de publicar a minha crítica no desacordo.

Lembras-te de como era o Sex and the City? Bem, esquece-o, porque Girls é completamente o oposto. Carrie era perfeita: tinha o emprego que queria, tinha dinheiro, roupas de marca, combinava o vestido com os sapatos e com a bolsa. Hannah, a personagem principal de Girls, tem peso a mais, não tem emprego, não tem dinheiro, não se sabe vestir e combinar coisas não é bem o seu forte.
Para continuares a ler, clica aqui.

New York Magazine

Sem comentários:

Enviar um comentário